boletim O Leite
Digite seu email:


assinar




Mentiras e verdades sobre o leite

terça-feira, 16 de novembro de 2010 - 9:57
Share |



Para não ter dúvidas sobre o que é verdade ou mentira sobre o leite, confira os eclarecimentos de uma nutricionista.

Você já deve ter escutado sua mãe ou alguém da sua família dizer que beber leite é fundamental para a sua alimentação. No entanto, algumas pessoas e especialistas questionam acerca dessa verdade absoluta. Para não ter dúvidas sobre o que é verdade ou mentira sobre o leite, a nútrologa e médica ortomolecular Liliane Oppermann esclarece o que é verdade ou mentira sobre o leite.

Tomar leite é bom para gastrite, por que alivia as dores?
Mito! É um pouco enganoso esse conceito de que o leite faz bem para úlcera, fazer bem para gastrite, realmente não faz. A pessoa tem que tomar medicamentos.

Leite engorda?
Mito! O leite ajuda a moderar o apetite, pessoas que querem fazer um regime para emagrecer, o uso do leite contribui, isso pelo tempo de digestão que ele leva, ele tem uma proteína que é de digestão lenta então ele provoca aquela saciedade na pessoa.

O leite pode anular o efeito de algum remédio?
Verdade! Ele pode atrapalhar em alguns casos na absorção do medicamento.

Leite é a única fonte de cálcio?
Mito! Existem outras fontes de cálcio como as verduras e leguminosas, mas a comparação é desigual. Para obter a mesma quantidade de cálcio presente num copo de leite seria necessário comer 250 gramas de couve, ou meio quilo de feijão ou ainda mais de um quilo de espinafre.

Alguns especialistas defendem a tese de que não é necessário se tomar o leite quando se é adulto. É verdade?
Mito! O adulto deve consumir o leite, porque ele apresenta proteínas de alto valor biológico, minerais, fósforo, magnésio, potássio. O idoso também precisa de leite. Principalmente a mulher depois da menopausa, pois ela para de produzir hormônios que ajudam na absorção de cálcio.

Principais benefícios do Leite
Ricos em cálcio, estes alimentos são fundamentais para á formação e manutenção de ossos e dentes.

Não importa a razão para inseri-lo no seu cardápio. Fato é que o leite e seus derivados são importantíssimos na formação dos ossos e dentes, principalmente durante a infância e adolescência. Já na idade adulta, e, sobretudo após os 50 anos, esse alimento tem sua importância na prevenção da osteoporose.

De acordo com os nutricionistas, o consumo de leite é recomendado em todas as fases da vida, sendo contra indicado apenas a pessoas que tenha intolerância à lactose, que é o açúcar do leite. O leite é ótima fonte de proteínas, cálcio, vitaminas A, D e E. Também tem boas quantidades de vitaminas B12, que auxilia no funcionamento do sistema nervoso.

Os tipos de leite encontrado no mercado que são classificados pela forma como foram preparados para a comercialização. Pasteurizado tipo A: O leite retirado da vaca por ordenha mecânica e vai direto para um tanque, onde é aquecido e depois esfriado isto é pasteurização. Ele é embalado no próprio local de ordenha. Com o mínimo contato humano por isso tem menos microrgânicos externos e dura mais tempo que os outros tipos. Já o tipo B o processo e parecido com o tipo A, mais há um intervalo maior entre a ordenha e a pasteurização, mais não são feitos no mesmo local. Por ter uma exposição maior no ambiente, possui níveis um pouco mais altos de bactérias.

O tipo C é o leite que é ordenhado manualmente, podendo ser armazenado em tanques não refrigerados, de onde segue para os locais onde será embalado. Possui grande quantidade de microorganismo devido ao maior controle de higiene na produção. Já o longa vida o leite é submetido à alta temperatura durante a fabricação um processo que elimina todas as bactérias. Em seguida, é armazenado em embalagens esterilizadas. No entanto o leite perde cerca de 10% de seus nutrientes nesse processo.

A diferença entre o leite integral, desnatado ou semi está na concentração de gordura presente em cada tipo. O desnatado e o semi-desnatado têm menos gordura e são indicados para pessoas que precisam controlar os níveis de colesterol na corrente sanguínea, ou que fazem dieta de emagrecimento. O leite integral é bastante calórico e deve ser evitado. É bom optar sempre pelas versões light e desnatadas, pois possui mais cálcio e menor teor de gordura.
Fonte: http://vidaequilibrio.com.br/mentiras-e-verdades-sobre-o-leite







.
adicionar comentário 

Título   Email
adicionar


cotações (máxima)
LeiteCru/RS *
1,02
LeiteCru/SC *
1,07
LeiteCru/BA *
1,10
LeiteCru/MG *
1,11
LeiteCru/SP *
1,12
LeiteCru/PR *
1,12
LeiteCru/GO *
1,13
Soja/PR
57,02
Soja/RS
58,67
Soja/SC
59,20
Milho/PR
20,83
Milho/SC
24,25
Milho/RS
24,67
 
21/8/2014

enquete
Denúncia de adulteração no leite de RS prejudicou muitos pecuaristas e desafia produtor a garantir qualidade.O que poderia ser feito para tranquilizar o consumidor?


votar


Copyright © 1999 - 2014 - Todos os direitos reservados. All rights reserved.  

O Leite é um veículo de propriedade do Grupo Agro e as empresas Tendências Representações Comerciais Ltda e GA-Agro Editora e Veiculações Ltda.
Endereço Av. Irmãos Picolli, 338 Cx. postal 43 CEP 89642-000 Tangará - SC, Telefone (49)3532.1408