Governo promete limitar importação de leite em pó

Governo promete limitar importação de leite em pó

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Rate this article:
No rating
A compra de alimentos da agricultura familiar foi um dos temas debatidos pelo secretário nacional de Segurança Alimentar, Caio Rocha. Ele também falou sobre mecanismos para tentar atenuar o impacto na cadeia produtiva do leite. “Não podemos ter a mesma política pública para todos os lugares, precisamos respeitar os aspectos de cada cultura agrária como períodos de plantio e compra de sementes.”
 
Em relação à crise enfrentada pelo setor leiteiro, Rocha disse que é possível intervir no preço e tentar limitar a aquisição de leite em pó do Uruguai. “Na Argentina tem cota para aquisição, no Uruguai não. Podemos intervir e regular preço.”
 
Outra alternativa é debater com o governo do Estado mudanças na carga tributária do setor leiteiro e assim garantir preços mais altos aos produtores.
 
Para o RS, a Secretaria de Segurança Alimentar liberou R$11 milhões. O valor permite a compra de alimentos produzidos pela agricultura familiar. Os itens são destinados para instituições socioassistenciais.
 
Para compra desses produtos, foram liberados R$ 120 mil para Encantado. Boqueirão do Leão e Sério receberão R$100 mil cada um.
 
Verba para o setor primário
Para tornar a agricultura mais competitiva, Rocha defende a construção de um plano safra plurianual. Na avaliação dele, isso facilita aquisição de insumos de forma mais barata aos produtores.
 
Durante a fase de perguntas feitas pelos vereadores, o progressista Márcio Mallmann (PP) questionou sobre a atuação do governo federal para garantir preço mínimo para produtos como frango, suíno e leite. “Isso nos preocupa pois temos uma série de compromissos para cumprir, mas não temos garantias de nada,em especial nos casos das integrações.”
 
Na avaliação dele, a política de preço mínimo nem sempre garante preço justo aos produtos. ”Essa política tem seus defeitos. Hoje, ela é feita pela Conab e a metodologia não condiz com os custos dos produtores. Acredito que seria necessário revisar essa metodologia antes de tudo.”
 
Líderes regionais acompanham sessão
Diversas pessoas ligadas ao setor prestigiaram a sessão. Entre elas, os presidentes da Languiru, Dirceu Bayer, e da Dália Alimentos, Gilberto Picinini. Prefeitos de Santa Clara do Sul, Encantado e Travesseiro estiveram presentes. Alimentos produzidos pelos produtores de Estrela foram expostos em frente às mesas dos vereadores.
 
Fonte: Jornal A Hora
 
http://www.jornalahora.com.br/2017/08/08/governo-promete-limitar-importacao-de-leite-em-po/
 

Number of views (98)/Comments (0)

Tags:

Please login or register to post comments.

Suínos

Bovínos

Frango/Ovo

Leite e Derivados

Carne e Derivados

Madeira Cavaco

Mercado Financeiro

Cotação (máx)
R$ 0,87
LeiteCru/SC *
R$ 0,89
LeiteCru/RS *
R$ 0,89
LeiteCru/GO *
R$ 0,91
LeiteCru/PR *
R$ 0,94
LeiteCru/MG *
R$ 0,96
LeiteCru/SP *
R$ 0,98
LeiteCru/BA *
R$ 57,20
Soja/PR
R$ 60,00
Soja/SC
R$ 64,00
Soja/RS
R$ 23,58
Milho/PR
R$ 25,67
Milho/RS
R$ 26,63
Milho/SC



Powered by BlueServer
O Leite é um veículo de propriedade do Grupo Agro.

Endereço: Bairro Santa Maria, Rua Curitiba, 727d. CEP 89812150. Chapecó - SC.

Telefone: (49) 3304 - 9240.